Cálculo de Rescisão de Contrato de Trabalho - Calcular Rescisão Trabalhista online


Compartilhe com seus amigos

Cálculo de Rescisão - Calcular Rescisão Trabalhista online - Simulador de Rescisão Trabalhista Completo com FGTS e Multa - Calcule e aprenda como fazer o Cálculo Rescisão de Contrato de Trabalho CLT conforme o motivo da Demissão

Anúncios

Para Calcular a Rescisão, preencha as informações na calculadora abaixo e clique em Calcular.

No campo Saldo do FGTS; caso não saiba; o Simulador calcula o saldo aproximado com multa.

Dúvidas no preenchimento? Entenda os campos do simulador antes de calcular a rescisão.












Anúncios



Cálculo de Rescisão de Contrato de Trabalho CLT

Rescisão é cancelamento ou anulação do contrato de trabalho por algum motivo específico, rescisão contratual.

Cálculo de Rescisão de Contrato de Trabalho - Calcular Rescisão Trabalhista online

Cálculo de Rescisão de Contrato de Trabalho - Calcular Rescisão Trabalhista online

Esse simulador faz o Cálculo de Rescisão de acordo com a CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) e Reforma Trabalhista. Calcule os seguintes tipos de rescisão:

  1. Demissão por justa causa
  2. Demissão sem justa causa
  3. Rescisão por acordo
  4. Pedido de demissão
  5. Término de contrato de experiência
  6. Quebra de contrato de experiência pelo empregador
  7. Quebra de contrato de experiência pelo empregado
  8. Rescisão por aposentadoria
  9. Rescisão por falecimento

O cálculo exato rescisão é feito por um profissional habilitado. O Simulador de Rescisão faz o Cálculo de Rescisão com FGTS e multa aproximada.

Os demitidos sem justa causa também têm direito ao Seguro Desemprego no acerto trabalhista. Essa renda não pode ser inferior a um Salário Mínimo.


1 - Cálculo de Rescisão Demissão por justa causa

Demissão por justa causa Ocorre quando o funcionário é demitido pela empresa por motivo grave.

No Cálculo de Rescisão demissão por justa causa a calculadora de rescisão calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • Férias;
  • Férias proporcionais;
  • 1/3 sobre férias proporcionais;
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda

2 - Cálculo de Rescisão demissão sem justa causa

Demissão sem justa causa Ocorre quando o funcionário é demitido por vontade da empresa.

No Cálculo Rescisão demissão sem justa a calculadora calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • Aviso prévio se selecionado indenizado;
  • Décimo terceiro aviso;
  • Décimo terceiro proporcional;
  • Férias;
  • 1/3 sobre férias vencidas;
  • Férias proporcionais;
  • 1/3 sobre férias proporcionais;
  • Férias indenizadas;
  • 1/3 Sobre férias indenizadas;
  • FGTS
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda


3 - Cálculo de Rescisão por comum acordo

Rescisão por comum acordo Nova modalidade que surgiu com a reforma trabalhista, comum acordo entre empresa e funcionário. fonte: planalto.gov - Lei 13.467 Artigo. 484-A.

No Cálculo Rescisão por comum acordo o simulador calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • 13º salário proporcional;
  • Férias proporcionais + 1/3;
  • FGTS
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda

4 - Cálculo de Rescisão pedido de demissão

Rescisão pedido de demissão Ocorre quando o funcionário pedi demissão da empresa, decide deixar a empresa.

No Cálculo Rescisão pedido de demissão o simulador calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • Aviso prévio se selecionado indenizado;
  • Décimo terceiro aviso;
  • Décimo terceiro proporcional;
  • Férias;
  • 1/3 sobre férias vencidas;
  • Férias proporcionais;
  • 1/3 sobre férias proporcionais;
  • Férias indenizadas;
  • 1/3 Sobre férias indenizadas
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda

5 - Cálculo de Rescisão Término de Contrato de Experiência

Rescisão Término de Contrato de Experiência Ocorre quando o funcionário ou empresa decidem não dar continuidade à relação de trabalho, o contrato de experiência é normalmente de 90 dias.

No Cálculo Rescisão Término de Contrato de Experiência o simulador calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • 13º salário proporcional;
  • Férias proporcionais + 1/3;
  • FGTS
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda

6 - Cálculo de Rescisão quebra de contrato de experiência pelo empregador

Quebra de contrato de experiência pelo empregador Ocorre quando a empresa resolve demitir o funcionário antes do término do contrato de experiência.

No Cálculo Rescisão quebra de contrato de experiência pelo empregador o simulador calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • 13º salário proporcional;
  • Férias proporcionais + 1/3;
  • Indenização por quebra de contrato;
  • FGTS;
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda

7 - Cálculo de Rescisão quebra de contrato de experiência pelo empregado

Quebra de contrato de experiência pelo empregado Ocorre quando o funcionário pedi demissão da empresa antes do término do contrato de experiência.

No Cálculo Rescisão antecipada contrato de experiência pelo empregado o simulador calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • 13º salário proporcional;
  • Férias proporcionais + 1/3;
  • FGTS
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda;
  • Indenização por quebra de contrato

8 - Cálculo de Rescisão por aposentadoria

Rescisão por aposentadoria Ocorre quando o funcionário se aposenta, começa a receber um benefício do INSS.

Terá direito ao recebimento de todas as verbas decorrentes de seu trabalho:

Em caso de ruptura do contrato de trabalho, sem motivo justo e por iniciativa da empresa, terá multa de 40% sobre o saldo FGTS.

Fundamentação: artigo 18, § 1º da Lei nº 8.036/1990; artigo 9º, § 1º do Decreto nº 99.684/1990 da CLT. Fonte:planalto.gov

No Cálculo Rescisão aposentadoria do empregado o simulador calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • 13º salário proporcional;
  • Férias proporcionais + 1/3;
  • FGTS
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda

9 - Cálculo de Rescisão por falecimento

Rescisão por falecimento Ocorre quando o funcionário entra em óbito

No Cálculo Rescisão falecimento do empregado o simulador calcula:

  • Vencimentos
  • Saldo de salário;
  • 13º salário proporcional;
  • Férias proporcionais + 1/3;
  • FGTS
  • Descontos
  • INSS;
  • IRRF - Imposto de Renda

Explicando os campos do Simulador de Cálculo de Rescisão

Entenda os campos do Simulador antes de calcular a rescisão:

  • Data de admissão é data que entrou na empresa.
  • Data de demissão é data que saiu da empresa; foi demitido.
  • Motivo da Rescisão; Selecione um dos motivos no combo
  • Último salário; consta na sua carteira profissional ou no último holerite.
  • Aviso prévio; Selecione Indenizado ou trabalhado.
  • Férias vencidas; Selecione Sim ou Não.
  • Saldo do FGTS: Você obtém no extrato que recebe mensalmente ou consultando no site da Caixa Economica Federal; se não preencher esse campo o sistema calcula o saldo aproximado com multa e correção monetária.

Onde encontro as informações que preciso preencher no Simulador para calcular a rescisão?


Anúncios


No Termo de Rescisão ou na sua Carteira Profissional você encontra as informações que precisa preencher no Simulador para calcular a rescisão.

Calcular Rescisão

Itens que aparecem na rescisão após finalizar o cálculo

Veja cada item que aparece no Cálculo de Rescisão:

1 - Saldo de salário

É o número de dias em que o funcionário trabalhou na empresa no mês da rescisão.


2 - Décimo Terceiro

Cálculo Décimo Terceiro

Conhecido também como gratificação de Natal; o pagamento se iniciou com alguns empresários resolveram pagar um salário a mais no final do ano para os trabalhadores que prestaram um bom trabalho. O pagamento Passou a ser obrigatório para todo funcionário que trabalha com carteira assinada. Lei nº 4.090 da CLT.


3 - Aviso prévio

Quando uma das partes(funcionário/empresa) deseja rescindir, sem justa causa, o contrato de trabalho, deverá, antecipadamente, notificar à outra parte, através do aviso prévio.

Aviso Prévio Indenizado, quando a empresa determina o desligamento do funcionário e efetua o pagamento da parcela relativa ao período e também considera-se indenizado quando o funcionário se desliga e a empresa efetua o desconto do valor na rescisão.

Aviso Prévio Trabalhado, o funcionário deverá exercer suas funções dentro da empresa até a data limite do término do aviso, caso não cumpra esse período de trabalho, terá que pagar uma indenização para a empresa ou não receberá pelo último mês de serviço.

Aviso Prévio Proporcional, conforme a nova Lei do Aviso Prévio (Lei nº 12.506/11), em caso de demissão sem justa causa, o aviso prévio deverá ser proporcional aos anos de serviço. Se uma pessoa trabalhou por até 1 ano numa empresa, o aviso prévio continua sendo de 30 dias. Porém, para cada ano a mais de serviço serão acrescidos 3 dias de aviso prévio. o período máximo não deverá ultrapassar os 90 dias.Fonte: planalto.gov


4 - Férias

Período de descanso a que têm direito o funcionário, após um ano(12 meses) de exercício de atividades, período este chamado aquisitivo O sistema efetua o Cálculo de Férias vencidas e o cálculo de Férias proporcionais se houver.


5 - Descontos

INSS

INSS Instituto Nacional de Seguro Social, é um órgão da Previdência Social, responsável por receber as contribuições para a manutenção do Regime Geral da Previdência Social e pelo pagamento da aposentadoria, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, salário-maternidade e outros benefícios previstos em lei.

Todo funcionário registrado tem o desconto do INSS retido na fonte(na própria empresa que trabalha), a porcentagem de desconto muda conforme a faixa salarial. O Cálculo INSS sobre os salários, (vencimentos) precisa ser de acordo com a Tabela INSS vigente(atual). Calcule o INSS antes do IRRF


IRRF

IRRF Imposto de Renda Retido na Fonte

Todo funcionário registrado tem o desconto do Imposto de Renda IRRF retido na fonte(na própria empresa que trabalha), a porcentagem de desconto muda conforme a faixa salarial. O Cálculo IRRF sobre os salários, (vencimentos) precisa ser feito de acordo com a Tabela IRRF vigente(atual).


6 - FGTS

Fundo de Garantia por Tempo de Serviço

Mensalmente a empresa deposita 8% sobre o salário do funcionário numa conta aberta na Caixa Econômica Federal, esse percentual não é descontado do trabalhador. Caso você não preencha o campo FGTS o sistema irá calcular o saldo FGTS aproximado com juros e correção.

Caso queira inserir o saldo exato, criamos um passo a passo para que você possa efetuar a consulta FGTS no site da Caixa Econômica Federal.


Rescisão indireta

Rescisão Indireta é considerada quando a empresa comete falta grave em relação ao seu funcionário. A empresa não demite o empregado e torna impossível a continuação de prestação de serviço do seu funcionário.

DECRETO-LEI Nº 5.452

Rescisão indireta Art. 483 - O empregado poderá considerar rescindido o contrato e pleitear a devida indenização quando:

  • a) forem exigidos serviços superiores às suas forças, defesos por lei, contrários aos bons costumes, ou alheios ao contrato;
  • b) for tratado pelo empregador ou por seus superiores hierárquicos com rigor excessivo;
  • c) correr perigo manifesto de mal considerável;
  • d) não cumprir o empregador as obrigações do contrato;
  • e) praticar o empregador ou seus prepostos, contra ele ou pessoas de sua família, ato lesivo da honra e boa fama;
  • f) o empregador ou seus prepostos ofenderem-no fisicamente, salvo em caso de legítima defesa, própria ou de outrem;
  • g) o empregador reduzir o seu trabalho, sendo este por peça ou tarefa, de forma a afetar sensivelmente a importância dos salários.
  • § 1º - O empregado poderá suspender a prestação dos serviços ou rescindir o contrato, quando tiver de desempenhar obrigações legais, incompatíveis com a continuação do serviço.
  • § 2º - No caso de morte do empregador constituído em empresa individual, é facultado ao empregado rescindir o contrato de trabalho.
  • § 3º - Nas hipóteses das letras "d" e "g", poderá o empregado pleitear a rescisão de seu contrato de trabalho e o pagamento das respectivas indenizações, permanecendo ou não no serviço até final decisão do processo.(Incluído pela Lei nº 4.825, de 5.11.1965)
  • Art. 484 - Havendo culpa recíproca no ato que determinou a rescisão do contrato de trabalho, o tribunal de trabalho reduzirá a indenização à que seria devida em caso de culpa exclusiva do empregador, por metade.

fonte: planalto.gov.br

CLT significa Consolidação das Leis do Trabalho

É a principal norma legislativa brasileira referente ao Direito do trabalho e o Direito processual do trabalho. Ela foi criada através do Decreto-Lei nº 5.452, de 1 de maio de 1943 e sancionada pelo então presidente Getúlio Vargas durante o período do Estado Novo, unificando toda legislação trabalhista então existente no Brasil. Seu objetivo principal é a regulamentação das relações individuais e coletivas do trabalho, nela previstas.


Foi assinada em pleno Estádio de São Januário (Club de Regatas Vasco da Gama), que estava lotado para a comemoração da assinatura da CLT. abaixo a transcrição do art. 1º da CLT. Art. 1º - Esta Consolidação estatui as normas que regulam as relações individuais e coletivas de trabalho, nela previstas. O termo celetista, derivado da sigla CLT, costuma ser utilizado para denominar o indivíduo que trabalha com registro em carteira de trabalho. O seu oposto é o profissional que trabalha como pessoa jurídica (PJ), ou profissional autônomo, ou ainda como servidor público estatutário

Anúncios